Formadores

Somos um grupo de colegas – maioritariamente psicólogos, psicanalistas e psicoterapeutas, mas também formados noutras áreas das ciências humanas, como filosofia e literatura – com especial gosto em aprender e transmitir conhecimento. Temos como horizonte manter este espaço como espaço de aprendizagem e trocas efectivas, mas leves; profundas mas vivas, sérias mas divertidas. Seguimos o lema winnicottiano de que “é no brincar, e somente no brincar, que o indivíduo, criança ou adulto, pode ser criativo e utilizar sua personalidade integral: e é somente sendo criativo que o indivíduo descobre o eu (self).” Winnicott, 1975, p. 80).

Acreditamos na integração do sonho na vida ou na vida que permite o sonho e por isso nada do que transmitimos é desligado de nós mesmos, da nossa existência e do pulsar humano. Por isso também, integramos, sempre que possível, a teoria na prática clínica, na vida quotidiana, na arte, no contacto com a natureza, na cultura.

Irene Borges-Duarte

Doutorada em Filosofia (Madrid, 1994), é professora associada e directora do curso PhD na Universidade de Évora.

Investigadora do Praxis – Centro de Filosofia, Política e Cultura. Foi Presidente da Associação Portuguesa da Filosofia Fenomenológica (2011-2017) e, actualmente, integra a direcção da Sociedad Iberoamericana de Estudios Heideggerianos (desde 2017) e a Associação Portuguesa de Psicanálise e Psicoterapia Psicanalítica.

Actividade investigadora no horizonte de uma Ontologia hermenêutica de raíz fenomenológica, com os seguintes eixos principais de atenção: (1) a Análise Existencial fenomenológica, de base heideggeriana, em relação com a Psicanálise; (2) a Fenomenologia da Técnica nas suas manifestações culturais e ambientais; (3) a questão da linguagem e da tradução, nas vertentes teórica e prática, muito especialmente no contexto do projecto “Heidegger em Português”.

Publicações recentes:

2021, Cuidado e Afectividade em Heidegger e na Análise Existencial fenomenológica Lisboa/RJ: Documenta/Nau. No prelo.

2021, Filosofia e fenomenologia da Técnica. Co-Ed. do Dossier em Trans/Form/Ação, 44.

2021, “Cuidado e bom humor em Heidegger. A via da Heiterkeit.”, Studia Heideggeriana, X, 211-224. DOI: 10.46605/sh.vol10.2021.1512021.

2021, “O caminho e a conversa. Heidegger auto-interpretativo.” Phainomenon, v. 31 (1), 17-40.  https://doi.org/10.2478/phainomenon-2021-0003

2021, “O habitar em Ruy Belo: poética da alegria em fuga”. Revista Colóquio Letras, nº 206, Janeiro 2021, 213-220

2019, Arte e Técnica em Heidegger. RJ: Via Verita (ed. brasileira, aumentada).


João Manuel Rosado de Miranda Justo

Professor Auxiliar da Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa

Licenciado em Psicologia pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Lisboa (1982)

Doutorado em Psicologia Clínica pela Universidade de Lisboa (1995)

Coordenador das disciplinas de “Psicologia Clínica da Saúde” e “Introdução à Observação do Comportamento Fetal, do Recém-Nascido e da Relação Precoce”

Coordenador de Estágios em Psicologia Clínica no Mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde

Orientador de Teses de Mestrado no Mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde  da Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa

Orientador de Teses de Doutoramento em Psicologia Clínica na Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa

Membro da Fundação Brazelton/Gomes-Pedro para as Ciências do Bebé e da Família

Membro da Associação para a Promoção da Saúde Mental na Primeira Infância (Associação Ser Bebé)

Membro da Associação INFAD – psicología educativa y evolutiva de la infancia, adolescencia, mayores y discapacidad.

Publicações recentes:

https://doi.org/10.1016/j.infbeh.2019.101332

Carvalho, M. E., Justo, J. M., Gratier, M., & Rodrigues, H. (2019). The Impact of Maternal Voice on the Fetus: A Systematic Review. Current Women’s Health Reviews, 15, 196-206.

Camarneiro, A., & Justo, J. (2019). Sintomas psicopatológicos, estratégias de resolução de problemas e saúde do recém-nascido no período perinatal. International Journal of Developmental and Educational Psychology, 1(1), 31-40.

Carvalho, M. E., Justo, J. M., & Rodrigues, H. (2019). Interação vocal em díades pré-termo na condição da fala vs. canto materno: a emergir da musicalidade comunicativa neonatal. International Journal of Developmental and Educational Psychology, 1(monográfico 4), 471-478.

Camarneiro, A., & Justo, J. (2019). Sintomas psicopatológicos, estratégias de resolução de problemas e saúde do recém-nascido no período perinatal. International Journal of Developmental and Educational Psychology, 1(monográfico 1), 31-40.

Justo, J., Graça, C. S. S., & Martins, M. S. A. (2019). The scale about the motivation for pre-natal communication (SMPNC): A new psychometric instrument dedicated to the assessment of the communication of the pregnant women to the fetus. International Journal of Developmental and Educational Psychology, 1(1), 29-40.

Justo, J. (2020). O Ciclo Reprodutivo da Espécie Humana e a Psicologia: A gravidez de risco, o internamento hospitalar e o prognóstico da díade mãe-bebé. In (Editors) M. Benincasa, A. N. Romagnolo & M. G. V. Heleno, Maternidade, Parentalidade e Conjugalidade: Novas Perspectivas em Psicologia Perinatal (pp. 37-48). Curitiba: Editora CRV.

https://editoracrv.com.br/produtos/detalhes/34807-maternidade-parentalidade-e-conjugalidade-br-novas-perspectivas-em-psicologia-perinatal

Carvalho, M. E., Justo, J. M., Gratier, M., & Rodrigues, M. H. (2020). Infants’ overlapping vocalizations during maternal humming: Contributions to the synchronization of preterm dyads. Psychology of Music, 1-17.

https://journals.sagepub.com/doi/pdf/10.1177/0305735620968920

Camarneiro, A. P., & Justo, J. M. (2020). Emotional states and psychopathological symptoms in couples during pregnancy and postpartum. Journal of Reproductive and Infant Psychology, 1-15.

https://doi.org/10.1080/02646838.2020.1814226

Carvalho, E., Rincon, R., Justo, J., & Rodrigues, H. (2021). Multimodal interaction between a mother and her twin preterm infants (male and female) in maternal speech and humming during kangaroo care: A microanalytical case study. Children, 8, 754.

https://doi.org/10.3390/children8090754


Helena Mourão

Licenciada em Psicologia Clínica pelo Instituto Superior de Psicologia Aplicada (2002).

Membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses, com reconhecimento das Especialidades de Psicologia Clínica e da Saúde e Psicoterapia.

Iniciou a sua atividade com estágio académico e profissional realizados na consulta externa de psiquiatria do Centro Hospitalar de Santa Maria de Lisboa. Trabalhou posteriormente numa Comissão de Proteção de Crianças e Jovens, onde teve formação especializada na área do direito de menores.

Desde 2008 que exerce exclusivamente clínica privada e dá formação em contexto de escola profissional sobre o desenvolvimento do bebé, da criança e do adolescente, com fundamento teórico Winnicottiano.

É membro da Associação Portuguesa de Psicanálise e Psicoterapia Psicanalítica e integra o Grupo de Estudos sobre o Pensamento de Winnicott de Lisboa, tendo iniciado formação sobre a Teoria do Amadurecimento e Clínica Winnicottiana.


Joana Espírito Santo

Psicóloga Clínica, Psicanalista.

Membro Fundador e Formadora da Associação Portuguesa de Psicanálise e Psicoterapia Psicanalítica (AP).

Formação especializada em Touchpoints e NBO (Newborn Behavioral Observation).

Fiabilidade na escala NBAS (Newborn Behavioral Assessment Scale).

Certificação em NBO (New-born Behavioural Observation) pelo Brazelton Centre, UK.

Membro da Equipa de Formação da Fundação Brazelton / Gomes-Pedro (FBGP).

Formadora e Coordenadora do Grupo de Estudos sobre o Pensamento de D. W. Winnicott, Portugal (GEW).


Rita Pereira Marques

Membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses

Cédula Profissional nº 3199 da OPP

Psicóloga Clínica pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Lisboa

Especialista em Psicologia Clínica e da Saúde e Psicologia Comunitária pela OPP.

Psicoterapeuta Credenciada da Associação Portuguesa de Psicanálise e Psicoterapia Psicanalítica

Mestre em Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde/ Núcleo Psicologia Clínica Dinâmica) com a tese “Homicídio Conjugal como Sintoma” pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Lisboa.

Curso Avançado de Artes Plásticas do AR.CO 2018/2019
Atualmente frequenta o 3º Ano Projeto Individual de Artes Plásticas do AR.CO com Bolsa de Estudos Fundação Carmona e Costa 2021/2022

Experiência profissional desde 2007 no âmbito institucional, nomeadamente na Clínica Psiquiátrica de São José, no Estabelecimento Prisional de Vale de Judeus, na CRESCER, Associação de Intervenção Comunitária junto de pessoas em situação de sem abrigo. Atualmente exerce nas Aldeias SOS – Bicesse.

Formação e experiência profissional, desde 2002, em consultório privado – apoio psicológico, psicoterapia psicanalítica e psicoterapia de expressão pela pintura com crianças, adolescentes e adultos.


Christiana Machado Baldini

Graduação: Filosofia na Faculdade de Filosofia da Universidade de São Paulo, Brasil, concluído em 1988.

Trabalho autônomo com tradução de textos técnicos do alemão para o português de  1982 até 1988.

Formação em Psicanálise pela Escola Brasileira de Psicanálise  – EBP (Lacan): Início 1989 até 2004

Membro da EBP de 1995 (ano de sua formação oficial) até 2004

Análise didática e supervisão durante todo o tempo da formação com diferentes analistas. Da mesma forma, os trabalhos na EBP tiveram a mesma duração.

Psicodrama: cerca de três anos, de 1986 a 1989, com Dra. Angela De Sordi.

Tempo total de análise lacaniana, freudiana e coimbriana: a partir de 1989 até atualidade.

Coordenação do Polo de Psicanálise da Escola Brasileira de Psicanálise, na cidade de Ribeirão Preto. De 1993 a 1996:

Frequência de Seminários da EBP

Frequência de grupos de trabalho de temas específicos da psicanalise

Desenvolvimento de seminários sobre a prática da clínica lacaniana

Desenvolvimento de grupos de estudo sobre a prática da clinica lacaniana

Exercício da clínica psicanalítica de 1991 a 2008.

Empresária desde 1995 até a atualidade.

Membro aderente da Associação Portuguesa de Psicanálise e Psicoterapia Psicanalítica a partir de 2018.

Estudo de teoria e clínica de Antônio Coimbra de Matos a partir de 2018.

Supervisão psicanalítica com Prof. Dr. Antônio Coimbra de Matos partir de 2018.

Estudo de teoria e clínica de Donald Winnicott partir de 2018.


Christiana Machado Baldini

Psicoterapeuta e Psicóloga clínica e da saúde, membro efetivo da OPP com a cédula profissional 7904


Formação em Psicanálise Winnicottiana Instituto Brasileiro de Psicanálise Winnicottiana Escola Winnicott de São Paulo

Especialidade em Psicologia Clínica e Saúde e com especialidade avançada em Psicoterapia pela Ordem dos Psicólogos Portugueses

Mestrado em Psicologia Clinica e Psicoterapia Psicodinâmica, com a dissertação
“a construção e o manejo do setting no contexto de uma relação psicoterapêutica difícil” – Estudo de caso de uma adolescente com uma perturbação mental invasiva

Instituto Superior Miguel Torga – Coimbra

Equivalência de identidade de grau na Licenciatura de Psicologia Universidade de Coimbra

Licenciatura em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo –

28 anos de experiência em atendimento com crianças, adolescentes e adultos com orientação psicodinâmica e winnicottiana.

Orientadora de estágios curriculares dos cursos de Psicologia desde 2003 e de estágios profissionais para acesso à Ordem dos Psicólogos Portugueses desde 2011.

Supervisora de casos clínicos com orientação dinâmica à luz dos estudos de Donald D. Winnicott desde 2003.

Fundadora e Diretora clínica da Psycoclínica 2009- atual

Psicóloga infantil, adolescentes e adultos Psycoclínica 2009-atual

Membro filiado do IBPW, da IWA e da APPA.


José Diogo Gonçalves

Licenciado em Humanidades.

Designer e Web Designer.

Responsável na Port Farmaceutical, Lda.

WebMaster da Revista Online Moda&Moda.

WebMaster de Winnicott-Portugal.

Curso de Fotografia no A.R.C.O.

You cannot copy content of this page